Recall total: A Consequência de ignorar a usabilidade de dispositivos médicos

Nos últimos cinco anos, a Food and Drug Administration (FDA) fez o recall de mais de 50 dispositivos médicos porque eles não eram fáceis de usar. Na indústria de equipamentos médicos, monitores que não forem de fácil leitura podem levar ao coma diabético ou ao óbito; um projeto sem ergonomia pode levar a dedos amputados ; peças mal conectadas podem causar aeroembolismo. Este artigo discute os recentes recalls que foram feitos devido a essas graves consequências.

Neste artigo, você descobrirá como garantir antecipadamente o uso seguro de um dispositivo médico. Primeiro, devemos tirar a culpa do usuário usando o termo “erro de uso” em vez de “erro do usuário”. Não é culpa do usuário quando a interface do usuário o induz ao erro. Segundo, a pesquisa contextual é um importante ponto de partida para desenvolver um dispositivo médico seguro e inicialmente identificar possíveis riscos para “erros de uso”. Terceiro, é necessário ordenar as tarefas por nível de risco para garantir que o projeto do dispositivo não promova “erros de uso” de alto risco. Por fim, a FDA exige que os fabricantes realizem estudos de usabilidade com usuários representativos em um ambiente de uso realista para mostrar que é seguro usar o dispositivo.

O artigo completo está disponível somente em inglês.

Comments are closed.